Google com thumbnails

July 8th, 2003 § 2 comments § permalink

O Dennisa dica: Google com thumbnails. Muito interessante. Olhando a código da página, parece uma customização do próprio ICQ.

AOL e weblogs

July 8th, 2003 § Comments Off on AOL e weblogs § permalink

A AOL está entrando no negócio de weblogs. E, pelo visto, eles estão entrando prá valer, com consciência do que é preciso suportar (RSS, por exemplo) e validando a implementação com o pessoal que realmente entende do negócio.

Essa iniciativa simplesmente mostra que os blogs são um negócio que está sendo realmente levado a sério pelas grandes empresas agora. Desenvolvimentos recentes como a aquisição do Blogger pelo Google, a disponibilização de feeds de notícias pelo The New York Times e pela BBC, a posição da Microsoft quanto aos blogs de seus funcionários e a criação de novas empresas na área são uma confirmação do que a comunidade já vem dizendo nos últimos meses. Mais do que sites pessoais, os blogs tem se tornando uma forma nova de comunicação com aplicações que superaram há muito a idéia inicial.

Embora alguns ainda tenham medo que o Setembro que Nunca Terminou se repita no meio dos blogs, eu acredito que a entrada de tantos novos usuários pode acelerar o processo de disseminação das idéias representadas pelos blogs e gerar mais oportunidades de negócios para empreendedores antenados na área.

Constantemente eu me surpreendo com a qualidade do conteúdo e da diversidade das aplicações que existem sob o nome weblog. Ao contrário de outras tecnologias, os blogs tem se mostrado muito eficientes no que concerne a separar o ruído do sinal. Mesmo que as comunidades sejam ainda muito restritas, muitas vezes limitadas a grupos de conhecidos, nunca houve um tempo na Internet em que a barreira para a publicação tenha sido tão baixa. E isso pode realmente mudar a forma como as coisas acontecem. Quem esperaria, alguns anos ou mesmo meses atrás, que parlamentares da Inglaterra ou um candidato a presidente dos Estados Unidos tivessem seus próprios blogs. Esses são acontecimentos que realmente não pode ser ignorados. A tecnologia está aí para ficar e está transformando o modo como a Web é acessada e consumida.

Agora é só esperar para ver o que acontecerá daqui para a frente na área. O futuro está se mostrando mais interessante do que se imaginava.

A URL é a chave

July 8th, 2003 § 3 comments § permalink

Uma coisa fundamental do desenvolvimento de um bom site é o uso de URLs que são fáceis de serem entendidas e que não precisam de mudanças. Esse é um assunto complicado, onde nada é realmente correto ou errado. Entretanto, existem algumas boas dicas que podem aplicadas ao mesmo e algumas dessas dicas estão resumidas em um artigo no Evolt. Vale a pena dar uma conferida.

Mozilla Firebird

July 8th, 2003 § 7 comments § permalink

Já faz um bom tempo que eu estou usando o Mozilla como navegador primário, tanto em casa como no trabalho. Eu usei o Internet Explorer durante uns dois anos no período de transição entre o Netscape 4 e o Mozilla 1.0, quando muitas páginas só podiam ser bem visualizadas no navegador da Microsoft mas quando o Mozilla ficou estável (naquelas versões 0.9x) eu retomei o uso do mesmo por causa do seu suporte superior aos padrões Web e maior poder e flexibilidade. De lá para cá, o navegador vem evoluindo continuamente e eu não acredito que exista outro navegador comparável ao mesmo no aspecto geral.

Agora que o Mozilla chegou à versão 1.4, os líderes do projeto decidiram estabilizar a árvore principal de desenvolvimento, criando o chamadi Mozilla Suite, composto pelos componentes de navegação, e-mail e composição de documentos HTML com suas ferramentas acessórias. Essa versão será a base dos produtos futuros, e o desenvolvimento mais arriscado prosseguirá em árvores separadas que serão gradualmente integradas à árvore principal à medida que estabilizarem. O foco do desenvolvimento dos componentes passa agora às versões separadas que são o Mozilla Firebird, navegador, e o Mozilla Thunderbird, cliente de e-mail.

O Mozilla Firebird (antigamente conhecido como Phoenix e que está atualmente na versão 0.6) está ficando realmente interessante. Eu estive experimentando com ele nesses últimos dias e gostei muito do que vi. Na verdade, gostei tanto que mudaria imediatamente se ele tivesse algumas coisas da versão maior com as quais já me acostumei tanto que não posso mais deixar de lado. O Mozilla Firebird, além de ser leve e rápido, tem um conjunto impressionante de características que supera em muito as oferecidas pelo Internet Explorer e vários outros navegadores que eu usei ou testei em múltiplas plataformas.

Uma das coisas mais interessantes dele é a capacidade de ser extendido por meio de pacotes fechados que implementam funcionalidades que não existem na versão padrão. Por exemplo, existem extensões para a navegação por meio de mouse, para o desenvolvimento Web e para o aumento das opções de navegação. A existência das extensões tem dois benefícios principais: facilita o desenvolvimento da versão padrão, impedindo que ela se torne uma gigantesca mistura de características que, em sua maioria, beneficiam uns poucos usuários e permite a flexibilidade na customização da interface por qualquer usuário por meio da escolha individual do que acrescentar ou não.

Em resumo, o Mozilla Firebird vem se tornando cada vez mais uma excelente opção para o navegador padrão de um sistema. Mesmo que você esteja usando o Internet Explorer como seu navegador habitual, a adição do Mozilla Firebird aos seus aplicativos de uso constante permite que você desfrute de um outro navegador com excelente suporte aos padrões e desenvolvimento Web. Além do mais, já que o Internet Explorer não vai ser mais atualizado independentemente, o Mozilla Firebird se torna um competidor em potencial na área, principalmente pelo seu tamanho menor em relação à versão principal.

Caso você já use o Mozilla Firebird, seguem algumas dicas de extensões interessantes:

Download Statusbar

Adiciona uma painel na barra de status com a situação dos downloads em progresso. A barra desaparece quando os downloads terminam.

GoTo

Adiciona funcionalidade que permite navegar diretamento para os níveis superiores de um site. A partir de um página, você pode ir subindo de nível usando um simples atalho no teclado.

Linky

Cria um menu na página com opções para abrir os links e imagens existentes na mesma — por exemplo, para abrir todos os links de uma só vez em novas janelas ou em abas. Além disso permite que você selecione uma parte de uma página e abra simultaneamente todos os links existentes na seleção. Muito útil!

Live HTTP Headers

Para desenvolvedores, permite que você veja os cabeçalhos da resposta enviada pelo servidor.

MozEx

Permite o uso de programas externos para gerenciamento de e-mail, código fonte, edição de áreas de texto, FTP e outros.

Tab Browser Extensions

Extende o sistema de abas com dezenas de novas opções.

Tab Browser Extensions Extra Prefs

Acompanha a extensão acima com a adição de novas preferências para o sistema de abas.

User Agent Switcher

Permite que o envio de uma identificação diferente do navegador para sites que não não o reconhecem ou deliberadamente prejudicam o seu uso sem necessidade.

Web Development Toolbar

Implementa várias funções úteis para desenvolvedores envolvendo folhas de estilo, JavaScript, validação, cookies e outros.

Mouse Gestures

Implementa navegação por meio do mouse. Não dá para viver sem essa extensão depois que você se acostuma. :-)

Além dessas, o Extension Room do MozDev lista dezenas de outras extensões úteis para qualquer tipo de usuário. Boa experimentação! 😀

Dicas para melhorar seu site

July 4th, 2003 § Comments Off on Dicas para melhorar seu site § permalink

Via Simon Willison, duas páginas com dicas muito interessantes para melhorar qualquer site:

The Wizardry Compiled

July 4th, 2003 § Comments Off on The Wizardry Compiled § permalink

The Wizardry Compiled é o segundo livro da série Wiz Biz, de Rick Cook. Para quem não conhece, o livro conta a estória de Wiz Zumwalt, um programador do Vale do Silício, que é transportado a um outro mundo contra a sua vontade para ajudar em uma batalha mágica entre duas facções que lutam pelo destino da humanidade. Ao chegar a esse mundo, Wiz descobre que não possui nenhum poder mágico do tipo comum aos magos de lá e acaba tendo que usar o seu conhecimento de programação para criar um novo tipo de mágica. O resultado é um livro bastante divertido e bem humorado, rico em referências ao mundo da programação e de excelente qualidade do quesito de fantasia. Se você é um programador, você com certeza vai gostar muito das premissas do livro.

» Read the rest of this entry «

Where am I?

You are currently viewing the archives for July, 2003 at Superfície Reflexiva.