RSS e conhecimento

October 23rd, 2003 § 6 comments

É engraçado como nos tornamos dependentes de certas tecnologias. Nós nos acostumamos a usar um determinado recurso regularmente e quando perdemos acesso ao mesmo, ainda que temporariamente, nos sentimos completamente fora do nosso padrão rotineiro de atividades. Eu experimentei isso recentemente com o próprio RSS e agregação.

Uma das minhas atividades diárias, realizada infalivelmente quando eu chegava no trabalho, era ler as notícias e entradas recolhidas pelo meu agregador nos sites aos quais me subscrevo. Nessa mudança recente de emprego, passei vários dias sem poder fazer isso e o resultado foi que eu me senti completamente desatualizado. E, de certa forma, estava mesmo. Como eu agregava não só blogs, mas também agências de notícias, até mesmo meu padrão de aquisição de notícias foi perturbado.

Foi interessante notar quanto do meu conhecimento e atualização diários partem de uma única ferramenta. Por mais triviais que sejam as entradas que eu leio, muitas vezes elas me conduzem para outros locais onde informação — de qualidade — pode ser encontrada. E, na verdade, entradas triviais são uma minoria. Mesmo sites com propósitos meramente pessoais hoje contém uma riqueza de conhecimento que antes era impensada.

E por mais que as pessoais critiquem o efeito dos blogs sobre outras partes importantes da Web — notadamente, o Google — o fato é que blogs se converteram em uma ferramenta indispensável por e em si. Ainda que a porcentagem de blogs pessoais, que simplesmente servem para informar família e amigos sobre as atividades do autor do mesmo, seja superior à dos blogs com propósito e foco definidos dentro da área de interesse de alguém, a informação gerada diariamente por estes últimos, direta ou indiretamente, supera em um muito a capacidade de absorção de uma pessoa.

Esses dias sem RSS me fizeram notar que essa tecnologia se tornou uma parte essencial do meu processo de crescimento profissional e, em parte também, pessoal. É sempre interessante notar com as coisas mais simples conseguem ter sempre um impacto tão grande nas nossas vidas.

§ 6 Responses to RSS e conhecimento"

  • Su says:

    Interessantíssima esta tua reflexão :)
    Ando trabalhando com RSS/agregadores com meu grupo de professores. Vou mostrar tua reflexão para eles :)

    beijocas,

    Su

  • Ronaldo says:

    Su, bom ver você de novo por aqui! :-) Fique à vontade para mostrar o texto.

  • sergio says:

    Interessante esta análise…interessante também como seguindo links dentro de blogs acabamos andando em círculos, ou quase isto 😉

  • Ronaldo says:

    Realmente pode-se andar em círculos em blogs. Acho que isso acontece mais porque blogs normalmente costumam agrupar-se. Pessoas que se conhecem, se comentam e isso limita o conjunto de caminhos entre os sites.

  • Mara says:

    Eu ainda não consigo entender o RSS: para que serve, como se usa, etc. Mas, os blogs têm me feito redimensionar algumas coisas.

  • Ronaldo says:

    Para blogs, o RSS é basicamente um formato de sindicação, ou seja, uma forma de subscrever-se ao conteúdo do mesmo de forma facilitado. È nas extensões que ele se torna mais interessante, permitindo a integração com várias tecnologias. Se você procurar por RSS no Google, você vai achar muito coisa interessante que permita você formar uma base maior. Outra boa maneira de aprender é baixar um programa como o FeedReader e usá-lo por algum tempo.

What's this?

You are currently reading RSS e conhecimento at Superfície Reflexiva.

meta