Brincando com WAP

November 27th, 2003 § 16 comments § permalink

Recentemente eu comprei um celular C55, da Siemens. Depois de ter o anterior roubado, fiquei sem muita vontade de comprar outro, principalmente considerando que os bons são bem caros. Mas, com a mudança de emprego, comecei a precisar mais e acabei cedendo à necessidade.

O C55 é um celular interessante. Pelo pouco tempo de uso que tenho com ele, já vi que ele atende perfeitamente as minhas necessidades, que ficam entre um aparelho telefônico comum e um acessório de conexão. Como telefone, ele tem tudo que eu posso precisar e mais um pouco — afinal, quem é que precisa de toques polifônicos? Com um acessório de conexão, considerando a faixa de preço, eu fiquei até impressionado com as capacidades dele.

Eu nunca fui muito ligado em WAP. Até porque, pelo que li quando o padrão começou a ser usado, as opções oferecidas eram muito caras e limitadas. Agora, depois que comprei o C55, estou até achando interessante ter a possibilidade de conectar à Internet via celular. » Read the rest of this entry «

Vulnerabilidade no MovableType

November 27th, 2003 § Comments Off § permalink

Uma vulnerabilidade bem séria foi descoberta no MovableType, afetando todas as instalações: o script mt-send-entry.cgi, usado para enviar entradas de um blog para um endereço de e-mail, na verdade envia qualquer e-mail para qualquer pessoal. Em outras palavras, ele pode ser usado para mandar spam, que, inclusive, vão com o endereço do seu blog.

No fórum de suporte do MovableType, um remendo provisório é dado para o problema, mas algumas pessoas reportaram que ele não funciona bem em todas as circunstâncias. Assim, até que uma nova versão resolvendo o problema seja criada, a melhor solução é deletar ou renomear o arquivo.

Somente renomear o arquivo obviamente não vai funcionar se você usa a funcionalidade. Nesse caso, o melhor é tentar a solução apresentada no fórum e esperar que ninguém resolva usar o seu blog para fins escusos. :-P

Implementando SCORM: Construindo a retaguarda

November 25th, 2003 § 4 comments § permalink

No meu artigo anterior sobre o SCORM, eu apresentei algumas considerações sobre a implementação da API de um LMS, tanto em relação à parte que funciona no navegador quanto à parte que funciona no servidor. O artigo deu uma visão mais geral sobre a implementação, mas sem entrar em grandes detalhes. Este novo artigo procura estender algumas das informações contidas no anterior, explicando mais alguns detalhes da implementação no lado do servidor. » Read the rest of this entry «

Bloglines

November 23rd, 2003 § 8 comments § permalink

Depois de ver duas indicações (1, 2) positivas sobre o Bloglines, um agregador online, resolvi experimentar, mesmo nunca tendo gostado desses agregadores Web centralizados.

Bem, depois de alguns minutos me convenci que esse tipo de agregador realmente não é para mim.

Primeiro, eu não gosto de interfaces Web. A do Bloglines é bem simples e esse é o problema. Faltam coisas. Qualquer outro agregador tem mais opções. Por exemplo, o SharpReader, que é o que eu uso (ou usava — não consegui fazê-lo funcionar em minha nova máquina no trabalho ainda), relaciona entradas e links nos blogs que eu leio, permitindo uma visão maior sobre assuntos que tenha sido discutidos em vários locais. O Bloglines, pela sua centralização, poderia fazer isso de maneira ainda mais fácil, mas não faz. Talvez no futuro venha fazer, mas eu gosto disso agora. Se fosse uma interface sofisticada como a do Oddpost até ia lá, mas simples como é, fica difícil.

Segundo, ele marca automaticamente as coisas como lidas, mesmo que eu ainda não tenha visto. Eu preciso de mais controle. Principalmente, de marcar coisas como não tendo sido ainda lidas novamente. Nesse ponto, ele é muito limitado.

Terceiro, é lento. Obviamente, os blogs são atualizados mais rapidamente, em um servidor central. Mas a interface é muito lenta. Mesmo com a vantagem de poder acessar seus blogs em qualquer lugar, não gosto de esperar tanto. Eu prefiro esperar mais para carregar e menos para manipular.

Existem outras considerações, mas essas acima já são suficientes para que eu não consiga usar o Bloglines. Eu imagino que, daqui a um tempo, quanto a carga no servidor apertar, ele provavelmente passe a cobrar também pelo acesso. Isso vai afugentar os usuários da mesma forma que aconteceu em outros serviços similares. É claro, você pode exportar o seu OPML e transferí-lo para outro programa. Mas aí é necessário toda uma nova adaptação.

Em resumo, eu fico com o SharpReader mesmo. Talvez um dia existam servidores distribuídos com clientes pequenos que façam da agregação uma coisa mais fácil. Por enquanto, eu vou continuar usando uma ferramenta local.

Otimizando HTTP

November 23rd, 2003 § Comments Off § permalink

Via Simon Willison, um link para cgi_buffer, uma biblioteca para Python, Perl e PHP que automaticamente procura otimizar vários aspectos da performance de envio de uma página Web. Uma boa dica para quem mexe com isso diariamente.

Smalltalking

November 23rd, 2003 § 8 comments § permalink

Depois de ler algumas entradas no meu blog sobre Smalltalk — que, a propósito, considero a linguagem de programação mais bonita e elegante já criada — o Moraes, do Tipos.com.br resolveu aprender a linguagem. Está gostando e inclusive criou um blog para contar sobre o processo. Muito interessantes e muito legais os textos iniciais, além de contarem com muitos links para que quiser saber mais também. Vale a pena dar uma conferida.

O papel do seu blog

November 17th, 2003 § 6 comments § permalink

Uma coisa que sempre chama a atenção de qualquer blogueiro é a possibilidade de conseguir mais visitantes para o seu blog. Por mais que digamos que só escrevemos para nós mesmos, ou para a família, o fato é que queremos uma audiência. Somos necessariamente narcisistas — muito mais do que autores de livros, filmes ou outros tipos de obras que se enquadram em categorias similares. Logo, quanto mais visitantes, melhor.

» Read the rest of this entry «

Eu vou ser pai!

November 12th, 2003 § 26 comments § permalink

Minha esposa acabou de me ligar: vou ser pai! Depois de cinco meses tentando, conseguimos finalmente. :-D Até que não foi muito tempo, mas com a expectativa tudo parece demorar mais. Caramba, eu estou muito feliz! :-D

Múltiplos IE em uma máquina

November 6th, 2003 § 6 comments § permalink

Via mezzoblue, uma das melhores descobertas para a criação e teste de sites dos últimos meses: como rodar múltiplas versões do Internet Explorer em uma máquina.

O processo é meio da gambiarra, mas é uma solução excelente para verificar o layout nas versões do IE que ainda estão em uso na Web hoje. Por exemplo, as estatísticas do meu site, no que se referem ao IE, se distribuem entre as versões 5.0, 5.5 e 6.0, com a do meio sendo a mais usada. Considerando que isso deve ser uma constante para muitos sites, principalmente os de conteúdo, sempre é preciso testar nessas três versões. E agora, o que antes necessitava máquinas diferentes, só precisa de uma.

…tem um fim.

November 5th, 2003 § 7 comments § permalink

E que fim decepcionante. Acabei de assistir o Matrix Revolutions. Vou ser sincero: estou extremamente decepcionado com o filme inteiro, estória e final. Por incrível que pareça, foi extremamente previsível. Eu esperava algo diferente. Não era necessário nem mesmo ser o final mais surpreendente da história do cinema. Bastava ser inteligente e desviar-se dos clichês usuais. Desviou-se dos clichês no final, mas usou muitos em outras partes. E foi exatamente como eu não queria que terminasse, como ficaria mais banal.

Quando eu vi o primeiro filme, eu imaginei que seria difícil superá-lo em história. Mas veio o Reloaded e conseguiu revelar coisas interessantes e levantar novas questões. Achei que, por causa disso, o Revolutions seria similar. Mas não foi o caso. Fazer o quê? Quando há tanto hype, fica difícil satisfazer a todos. Eu imagino que muita gente vai gostar demais do filme. E pode ser que seja um burro total e não esteja percebendo algo além da superfície. Mas não vi ninguém com a idéia de que havia algo além.

Eu não vou comentar sobre detalhes porque quase ninguém viu ainda e eu quero esperar os comentários dos outros à medida que o filme for visto. De qualquer forma, não havia como não ver. Mesmo que fosse só para ver o final e ficar decepcionado.

Where am I?

You are currently viewing the archives for November, 2003 at Superfície Reflexiva.