…tem um fim.

November 5th, 2003 § 7 comments

E que fim decepcionante. Acabei de assistir o Matrix Revolutions. Vou ser sincero: estou extremamente decepcionado com o filme inteiro, estória e final. Por incrível que pareça, foi extremamente previsível. Eu esperava algo diferente. Não era necessário nem mesmo ser o final mais surpreendente da história do cinema. Bastava ser inteligente e desviar-se dos clichês usuais. Desviou-se dos clichês no final, mas usou muitos em outras partes. E foi exatamente como eu não queria que terminasse, como ficaria mais banal.

Quando eu vi o primeiro filme, eu imaginei que seria difícil superá-lo em história. Mas veio o Reloaded e conseguiu revelar coisas interessantes e levantar novas questões. Achei que, por causa disso, o Revolutions seria similar. Mas não foi o caso. Fazer o quê? Quando há tanto hype, fica difícil satisfazer a todos. Eu imagino que muita gente vai gostar demais do filme. E pode ser que seja um burro total e não esteja percebendo algo além da superfície. Mas não vi ninguém com a idéia de que havia algo além.

Eu não vou comentar sobre detalhes porque quase ninguém viu ainda e eu quero esperar os comentários dos outros à medida que o filme for visto. De qualquer forma, não havia como não ver. Mesmo que fosse só para ver o final e ficar decepcionado.

§ 7 Responses to …tem um fim."

  • Dennis says:

    Essa coisa de trilogia é mesmo complicada.

    Se você faz um primeiro filme de arrebentar, chama atenção do mundo e vai faturar horrores com as continuações, mas como você já arrebentou no primeiro provavelmente não vai conseguir segurar a onda nos outros 2.

    Se vc guarda um pouco para fazer uma coisa mais crescente em criatividade corre o risco de não agradar tanto no primeiro e morrer na praia com as continuações. Sei lá, se eu fosse diretor/produtos de cinema ficaria realmente preocupado com isso.

    Como ainda não vi o Revolutions não posso dar minha opinião ainda, mas cito O Poderoso Chefão que acabei de ver esse final de semana último e senti a mesma coisa. O primeiro filme é 10, o segundo 6,5 e o terceiro chora pra merecer 5.

    Depois que assistir eu volto pra comentar…

  • Ronaldo says:

    Realmente, qualquer filme com continuação é problemática. Mas eu realmente esperava mais dos Irmãos Seja-lá-qual-é-o-nome-deles quanto à estória. A impressão que eu tive é que eles ou desistiram da estória no terceiro (dane-se, já ganhamos a maior grana) ou não sabiam terminar (pô, esse povo criou mais teorias do que a gente dá conta; estamos ferrados).

  • Roberto says:

    <spoiler>
    O que mais me decepcionou foi o final “Prince of Persia”… :)
    </spoiler>

  • Ronaldo says:

    Vou confessar que nunca joguei Prince of Persia. Preciso de uma explicação. :-)

  • Fabio says:

    eu gostei muito…
    dos efeitos (batalha final, luta na boate), das batalhas em zion, das explicacoes (simples e logicas)…
    nao imagino como poderia ser diferente o final (se fosse ficaria muito rocky balboa)…

  • Ronaldo says:

    Como um filme de ação foi muito bom. Mas para explicar o resto, não colou não. Além dos inúmeros furos da estória, ainda deixa muita coisa sem explicação. Sem contar o final patético, totalmente previsível. Eu já vi finais similares em tantos filmes e livros que já perdi a conta. Eu esperava um final mais inteligente. Aquele final é que foi Rocky Balboa.

  • Fabrício says:

    Quando o Romeo me contou da frustração dele, e você me falou de sua decepção com o Revolutions, imaginei o pior final de história possível. Talvez seja por isso que eu gostei do filme.

    Concordo com tudo que você disse sobre o filme: superficial, previsível… mas acho que eu fiquei esperando tanto esta superficialidade que fui lá pra ver os efeitos especiais, a chuva de sentinelas e só!

    😀

What's this?

You are currently reading …tem um fim. at Superfície Reflexiva.

meta