Mozilla Firefox

February 9th, 2004 § Comments Off § permalink

O nome é estranho embora a cara seja quase a mesma: Mozilla Firefox é o novo nome do Mozilla Firebird, cuja versão 0.8, recheada de novidades, acaba de sair do forno. Não posso dizer sinceramente que gostei da mudança do nome, causada por uma série de problemas legais com o nome anterior, mas gosto das mudanças que foram feitas. A aplicação está bem mais polida e otimizada e a experiência geral de navegar está ainda mais agradável.

De qualquer forma, se você ainda não experimentou o Mozilla Firefox, ou o antigo Firebird, não sabe o que navegar com um navegador de última geração. Aproveite, dê uma passadinha no site e faça o download do programa agora mesmo. Garanto que em uma semana de experiência você não volta para o Internet Explorer nunca mais.

SCORM 2004

February 6th, 2004 § 3 comments § permalink

Em 30 de janeiro último, a longamente esperada versão 1.3 do SCORM foi oficializada. A versão, renomeada para SCORM 2004, é basicamente o que estava sendo esperado com algumas pequenas adições de última hora.

De todas as mudanças, a mais significativa é sem dúvida a inclusão de um modelo de seqüenciamento e navegação para os cursos. Essas modificações estavam entre as mais requisitadas pelos usuários do padrão e certamente ajudarão a melhorar a qualidade dos cursos que existem hoje.

O seqüenciamento, como o próprio nome indica, cuida do comportamento do curso, definindo os requerimentos e limitações de cada objeto de aprendizado e permitindo criar um encadeamento lógico entre os mesmos de modo que todos usuários possam executar o curso de uma maneira consistente.

A navegação, por outro lado, permite que eventos de navegação sejam iniciados pelos próprios objetos de aprendizado em tempo de execução com base no próprio modelo de seqüenciamento definido para o curso.

Tanto o seqüenciamento quanto a navegação ampliam o leque de opções de execução disponíveis para um curso embora, como o próprio padrão note, estejam ainda aquém de um sistema completo que atenda todas as necessidades eventuais. A intenção foi criar um sistema simples, mas utilizável.

As demais mudanças no padrão, tanto no modelo de conteúdo quanto no ambiente de execução são apenas evolutivas, não apresentando nada de muito diferente das versões anteriores. Vários novos elementos foram adicionais e alguns existentes foram reformulados para melhor a interação entre um curso e o LMS. A própria especificação dos elementos também foi trabalhada para esclarecer várias dúvidas existentes nas anteriores possibilitando uma implementação mais fácil do padrão.

No geral, essa é uma versão cuja pretensão é apenas evolver e não revolucionar o padrão. As falhas existentes continuam lá e muito do que seria necessário para tornar o padrão realmente útil ainda está longe de existir (na minha opinião, pelo menos). Ainda assim, é um bom começo e espera-se que versões futuras possam apresentar mudanças mais significativas e mais úteis para o padrão.

Where am I?

You are currently viewing the archives for February, 2004 at Superfície Reflexiva.