SCORM 2004

February 6th, 2004 § 3 comments

Em 30 de janeiro último, a longamente esperada versão 1.3 do SCORM foi oficializada. A versão, renomeada para SCORM 2004, é basicamente o que estava sendo esperado com algumas pequenas adições de última hora.

De todas as mudanças, a mais significativa é sem dúvida a inclusão de um modelo de seqüenciamento e navegação para os cursos. Essas modificações estavam entre as mais requisitadas pelos usuários do padrão e certamente ajudarão a melhorar a qualidade dos cursos que existem hoje.

O seqüenciamento, como o próprio nome indica, cuida do comportamento do curso, definindo os requerimentos e limitações de cada objeto de aprendizado e permitindo criar um encadeamento lógico entre os mesmos de modo que todos usuários possam executar o curso de uma maneira consistente.

A navegação, por outro lado, permite que eventos de navegação sejam iniciados pelos próprios objetos de aprendizado em tempo de execução com base no próprio modelo de seqüenciamento definido para o curso.

Tanto o seqüenciamento quanto a navegação ampliam o leque de opções de execução disponíveis para um curso embora, como o próprio padrão note, estejam ainda aquém de um sistema completo que atenda todas as necessidades eventuais. A intenção foi criar um sistema simples, mas utilizável.

As demais mudanças no padrão, tanto no modelo de conteúdo quanto no ambiente de execução são apenas evolutivas, não apresentando nada de muito diferente das versões anteriores. Vários novos elementos foram adicionais e alguns existentes foram reformulados para melhor a interação entre um curso e o LMS. A própria especificação dos elementos também foi trabalhada para esclarecer várias dúvidas existentes nas anteriores possibilitando uma implementação mais fácil do padrão.

No geral, essa é uma versão cuja pretensão é apenas evolver e não revolucionar o padrão. As falhas existentes continuam lá e muito do que seria necessário para tornar o padrão realmente útil ainda está longe de existir (na minha opinião, pelo menos). Ainda assim, é um bom começo e espera-se que versões futuras possam apresentar mudanças mais significativas e mais úteis para o padrão.

§ 3 Responses to SCORM 2004"

  • Aryane Aguiar dos Santos says:

    Gostaria de saber as condições do SCORM, as regras, o é preciso para estar no padrao do mesmo, estarei aguardando respostas sobre o mesmo se puderem respondam via e-mail
    Obrigada
    Aryane

  • elaine pasqualini says:

    Estou começando a estudar o SCORM e tenho algumas dúvidas.
    No ambiente de execução, tem-se o modelo de dados, com todos os elementos que o SCORM padroniza. Como esses elementos são criados? e como são gerenciados também?
    É preciso criar os arquivos de dados no LMS também? Se si, por que? não teria duplicidade de informações?
    Obrigada.
    Elaine.

  • Ronaldo says:

    Elaine,

    Sobre sua primeira questão, os elementos são disponibilizados ao cliente por meio de uma API em JavaScript. Como o servidor implementa isso é irrelevante para o curso. Você pode usar um banco de dados, arquivos em disco ou que quiser.

    Sobre a segunda questão, a que arquivos de dados você se refere? Se forem os contendo os elementos salvos pelo curso, eles realmente ficam no servidor seja qual for a forma que tomem. Não existe duplicidade porque eles são por usuário. Se você, por outro lado, estiver se referindo aos arquivos do curso em si, eles ficam no servidor em um local específico e uma única cópia pode ser usada por todos usuários. Também não há duplicidade.

    Eu recomendo que você dê uma lida nos outros arquivos que escrevi sobre o assunto e que podem ser encontrados usando usando a função de busca do site. Você pode também juntar-se à lista que eu criei no Yahoo! Groups. O endereço está em um dos textos que você vai encontrar usando a busca.

What's this?

You are currently reading SCORM 2004 at Superfície Reflexiva.

meta