Lendo RSS

May 23rd, 2004 § 14 comments

Atualmente, eu leio 92 feeds RSS. Quando eu comecei a ler sites por meio desse formato, mais de dois anos atrás, minha lista de subscrições pulou dos dez sites que eu visitava diariamente para dúzias de sites que chegavam automaticamente no meu agregador; e isso, em um par de meses. Ler o conteúdo em um agregador me poupava tanto tempo que eu simplesmente adicionava qualquer blog interessante que eu encontrava às minhas subscrições sem me preocupar com quanto conteúdo eles introduziriam diariamente nas minhas leituras. Eu estava tão entusiasmado com a tecnologia, e havia tanta coisa interessante para ler, que eu queria mais.

Alguns meses depois, eu estava tentando me manter em dia com mais de 200 subscrições. Era tanto conteúdo que só para baixar as entradas escritas no dia anterior eram necessários uns cinco minutos em uma conexão de banda larga. Eu descobri logo que não conseguia seguir tanta informação. Eu estava gastando um bom tempo só correndo os olhos pelas entradas procurando decidir o que eu leria ou não. E mesmo assim a lista de conteúdo selecionado que eu ainda não havia lido crescia a cada dia. Todo fim de semana eu simplesmente limpava a lista e começava o processo outra vez, ignorando todos as entradas da semana anterior.

Logo eu comecei a remover algumas subscrições. Não porque o conteúdo das mesmas não era bom, mas porque eu não estava conseguindo seguir todas. Finalmente, reduzi a lista para menos do que 50 sites. Com esse número, eu era capaz de ler tudo o que eu queria e dar a atenção necessária às entradas que eu achava interessantes. O fato é que eu não gosto de simplesmente correr os olhos pelo conteúdo que leio, pulando as partes menos interessantes. A menos que eu descubra rapidamente que eu não preciso ler um texto todo para entender o que ele quer dizer, ou é simplesmente um texto sobre gatos, incidentes pequenos e coisas assim, eu prefiro ler cada palavra no mesmo. Assim, 50 subscrições eram mais do que suficientes para o tempo que eu dispunha diariamente para a tarefa.

Ao longo no ano seguinte, entretanto, minha lista começou a crescer novamente. De quando em quando, eu encontrava alguém cujo conteúdo era consistentemente interessante e significativo. Eu adicionava o site à minha lista, raciocinando que eu poderia seguir mais um site se gastasse mais uns poucos minutos por dia lendo as coisas extras. Isso foi 40 subscrições atrás.

Hoje, com 92 subscrições, eu não estou conseguindo seguir tudo novamente. É claro que eu não sou obrigado a ler todos esses sites. Mas eu gostaria de poder ler todos porque são interessantes e úteis.

Dois meses atrás, o Scoble mencionou que ele assina mais do que 1400 feeds RSS. Eu me pergunto se ele dorme. Se ele gasta apenas 10 segundos em cada subscrição, isso já totaliza quase quatro horas de leitura. O Galvez também mencionou recentemente que lê 400 sites via RSS. Ele eu sei que não dorme, mas mesmo assim é muita coisa.

Então, como vocês conseguem ler os feeds que assinam? Quais técnicas vocês usam para prevenir o fluxo excessivo de informação?

RSS é um tecnologia muito útil e tem me ajudado bastante profissionalmente já que eu sou capaz de me manter informado com o que acontece no mercado quase em tempo real. Mas é algo também que pode facilmente escapar ao controle. Seria interessante saber quantos subscrições em média as pessoas tem e como eles lidam com o assunto.

Se você quiser comentar sobre isso, sinta-se à vontade para fazê-lo aqui.

§ 14 Responses to Lendo RSS"

  • Não sei se existe solução no momento, mas vejo uma luzinha no fim do túnel. Mas achei esta proposta muito interessante:
    http://read4me.sourceforge.net/

    A utilização de um filtro bayesiano, só que em vez de spam, filtra o conteúdo.

  • Ronaldo says:

    Interessante essa solução. Um tempo atrás eu li sobre um projeto assim (que não era o mesmo) e o autor do texto argumentou que não funcionaria porque só o fato de estarmos subscritos a certos blogs já é um filtro bayesiano em si.

    Mas é uma coisa a mais para se tentar.

    O pior é que só hoje eu adicionei seis feeds novos à minha lista… 😛

  • Eu ainda nem cheguei aos 40 feeds, mas já vi que a velocidade de crescimento é geométrica, se não for exponencial. Estou usando o bloglines e comecei dividindo os feeds por assunto, mas vi que não ia conseguir acompanhar tudo e agora estou usando um sistema híbrido de classificação: um pouco por tema e um pouco por “tempo”. Criei pastas “every day”, “once a week” e “once a while”. Quando eu não tenho tempo de acompanhar tudo isso me ajuda a decidir o que eu tenho que ler e o que eu posso ignorar. Mas sempre fica o remorso de não ler tudo, quando é muito forte eu clico o Mark all read e finjo que nada aconteceu. 😛

  • Sérgio Lima says:

    Eu tenho menos de 30 subscrições. Destas 14 são de alunos(em grupos) que leio sempre que surgem atualizações(por ofício)… as demais por interesse profissional e/ou pessoal.
    Acho que esse é “o mal” da era da informação 😉
    Quem sabe num futuro não muito distante possamos classificar aqueles que serão convertidos em audio e ouviremos no banheiro, na fila de qualquer coisa, depois do orgasmo, etc… 😉

  • Ronaldo says:

    Rafael,

    A sua solução é boa e eu usei durante um certo tempo, mas acabei caindo no problema que você citou: O remorso acaba ficando forte mesmo. Hoje eu tenho uma pasta nos meus bookmarks que armazena o que eu não pude ler na hora. O problema é que muito material já está irrelevante quando eu finalmente consigo ler.

  • Ronaldo says:

    Sérgio,

    Sábias palavras. :-) Às vezes eu acho que adquirir tanta informação não está me servindo de nada, que estou apenas enchendo o cérebro de coisas inúteis que nunca mais vou ver, usar ou ter qualquer necessidade. Nessas horas eu sou tentando a cortar metade do que leio diariamente. Mas, e a coragem para remover o site? 😛

  • NiER says:

    É, o excesso de feeds às vezes chega a ser enervante… quando acumula eu simplesmente marco como lido e deixo para trás. Assino mais de 100 feeds, mas cerca de 1 hora por dia é suficiente para ver o que há de mais interessante e recolher material pro meu blog! :) como não vivo disso, como o Scoble (ele vive disso??), então não me preocupo muito…

    Temos que tomar cuidado pro excesso de informação não deixar a gente pirado!

    []s

  • Fabiano Cruz says:

    Ronaldo, antes de qq comentário, parabéns pelo blog. Muito bonito e com posts relevantes. :)

    Eu uso o Blago RSS Newsreader que fica no meu tray, e adiciono no programa os agregadores como o MXNA. Quando alguém posta algo ele mostra no canto um pop-up pequeno com uma prévia do texto e em uma pausa do dia, leio os que me interessaram.

    Abraços!

  • Ronaldo says:

    Nier,

    Compulsivo-obsessivo geek que sou, não gosto de descartar informação boa… 😛 Mas realmente está ficando cada vez mais complicado. Daqui a pouco vou precisar de patrocínio…

    Sobre o Scoble, ele esclareceu no blog dele como lida com tanta informação. Basicamente, filtrando tudo primeiro. Estou tentando estratégias similares.

  • Ronaldo says:

    Fabiano,

    Muito obrigado pelo elogio. É bom saber que meus textos enormes estão servindo para alguma coisa. 😀 Sobre o layout, é de um amigo meu. Eu gostaria de ser tão bom em design assim, mas não posso mentir… :-)

    Sobre RSS, para falar a verdade, um dos motivos que me levaram a abandonar o FeedReader, o leitor RSS que eu usava, foi esse tipo de popups, que me distraíam durante o dia. Mesma coisa com avisos de e-mail do Outlook. Hoje eu prefiro fazer tudo de uma vez só, senão não paro o dia todo.

  • Noxnoctis says:

    Simples: Imprimo todos meus feeds, levo pra casa e boto o calhamaço debaixo do meu travesseiro. Absorvo tudo via um XML socket por osmose.

  • Ronaldo says:

    Ué, estou precisando do software que faz isso. Está à venda? 😛

  • Neto Cury says:

    Estava exatamente procurando por feeds interessantes quando encontrei o seu blog (através da lista de feeds do Galvez). Comecei a usar os feeds há pouco tempo e por isso ainda estou com poucos blogs, 25 pra ser exato contando com o seu que acabei de adicionar, mas também visito diariamente uma média de 50 blogs que ainda não contam com a tecnologia de feeds, porém isso também não me obriga a visitá-los diariamente, pois se assim eu pensasse, já teria me escravizado, pois realmente tem dias que não dá!
    Abraços

  • gabii says:

    tipo, nem sei pq, mas esse blog tava aqui nos meus favoritos..
    deve ter um motivo.

What's this?

You are currently reading Lendo RSS at Superfície Reflexiva.

meta