Tao

June 24th, 2005 Comments Off on Tao

Já faz um bom tempo que eu estou mexendo com sistemas Unix ou baseados no mesmo e eu ainda me espanto com a filosofia diferente dos mesmos, que propicia um modo de pensar e agir tão distintos de outros sistemas operacionais.

Eu estava fazendo a migração de um sistema de um servidor para outro e, por razões diversas, praticamente todas as páginas do sistema precisavam ser modificadas. O que, em um sistema Windows, seria uma questão de usar vários programas completos, se resumiu a dois comandos no shell do Debian. Um wget recursivo para baixar o sistema de um servidor para outro e um rpl igualmente recursivo para alterar as páginas. Direto no servidor, sem intermediação. O uso do wget vem do fato de que eu não tinha acesso ssh ao outro servidor do momento, somente FTP.

Imagine-se fazendo a tarefa acima no Windows. Se você tivesse acesso remoto ao servidor, ainda assim seria obrigado a ter um programa FTP instalado que lhe permitisse fazer o download completo do sistema no outro servidor. Seria necessário então usar um editor de texto qualquer com suporte a pesquisa e substituição recursiva em diretório. Não que seja difícil encontrar ou instalar tais programas. O problema é ter que instalá-los. Sem acesso remoto seria ainda mais trabalhoso considerando que o Windows não tem nada equivalente a um simples ssh.

É claro, você pode simular um ambiente Unix no Windows. Mas a trindade poder-flexibilidade-facilidade que eu valorizo extremamente em qualquer ambiente computacional não é inerente ao Windows como o é para o Unix.

Comments are closed.

What's this?

You are currently reading Tao at Superfície Reflexiva.

meta