Poema em muro

October 8th, 2006 § 1 comment

No muro pichado de uma escola ao lado da minha casa, há o seguinte poema:

Cicloviaérea

O esforço sem combustão;
A tecnologia do corpo.

É realmente uma bicicleta? Atenção!

Nesse momento percebemos melhor o lançamento imaginário
De seus múltiplos efeitos benéficos.
Vislumbramos agora uma longa pista pista elevada,
Imensa, em suave declive, vinda de longe,
Sem rumo ou ponto de partida.

Sentimos a energia mecânica fluindo
Em uma espécie de sobrevôo contínuo.

A roda gira, gira, gira…
Ela gira uma parábola.

Um dos poemas mais bacanas que eu já li da minha vida. Estou tentando descobrir se é de algum autor já publicado ou se foi realmente criatividade do pintor de muro. Se alguém souber alguma coisa, ficaria feliz em saber.

§ One Response to Poema em muro

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

What's this?

You are currently reading Poema em muro at Superfície Reflexiva.

meta