Contribuição sindical

January 22nd, 2007 § 8 comments

Recebi uma notinha do meu contador hoje informando que a contribuição sindical, que eu pensava ser opcional, na verdade é obrigatória, com base em uma lei qualquer. Tristeza. Eu nunca recebi um folheto que fosse do sindicato–ou qualquer outra coisa para falar a verdade–e ainda sou obrigado a contribuir.

Eu até entendo a necessidade que as pessoas tem de criar organizações para controlar aspectos mais tortuosos de uma determinada área profissional. Mas criar uma entidade cujo único sinal de existência é pedir o seu dinheiro anualmente é revoltante.

§ 8 Responses to Contribuição sindical"

  • Neto Cury says:

    A partir do momento em que você é filiado a um sindicato, você é obrigado a pagar a contribuição sindical.
    Não sou filiado a nenhum sindicato e não pago a contribuição anual.
    Abraço

  • silfar says:

    Eu também acho isso com perdão da expressão uma “SACANAGEM”, principalmente pra quem trabalha de carteitra assinada, já fica filiado assim que começa a trabalhar.
    Como a cpmf, e aquela taxa sobre o combustivel (não lembro o nome agora), a cpmf já era pra ter acabao faz temp.

    São só maneiras de estorquir mais dinheiro o povo brasileiro.

  • Rafael Rezende says:

    Uma coisa que me disseram é que para os assalariados, o sindicato pode garantir um salário mínimo por função, mas não sei se isso adianta alguma coisa. Ainda bem que deixarei de ser assalariado em breve.

  • Ronaldo says:

    Neto, na verdade, eu não sou filiado ao sindicato. Mas aparentemente existe uma lei que me obriga a contribuir quer eu queira ou não. Pelo menos foi isso que o contador disse.

    Silfar, pois é. Faz tempo que essa tal da CPMF existe e não acaba. Até o nome é irônico considerando o que aconteceu. Se pelo menos esse dinheiro voltasse para o contribuinte de alguma forma, mas isso é esperar demais do Brasil atual.

    Rafael, em informática? Duvido. :-) Aqui em Belo Horizonte, pelo menos, nem as firmas mais parrudas praticam uma correlação entre carreira, competência e salário. A oferta é maior que a demanda, como sempre.

  • Erick Sasse says:

    Bem-vindo ao Brasil! :)

  • Ronaldo says:

    O pior é que eu deveria estar acostumado. Mas não fico. :-)

  • Cristine says:

    Soube que empregado pode optar por pagar como profissional liberal e que o valor é de R$5,70.

    O respaldo quanto ao valor está na Nota Técnica 50/2005 do Ministério do Trabalho e Emprego

  • Ronaldo says:

    No caso, estou sendo cobrado como empregador, pela firma em si. Acho que nesse caso não adianta muito, não é? :-)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

What's this?

You are currently reading Contribuição sindical at Superfície Reflexiva.

meta