Twitter

March 20th, 2007 § 9 comments

É engraçado como o hype faz uma coisa realmente inútil se transformar na sétima e última grande maravilha da Web. O Twitter, além de provavelmente ser um dos maiores propiciadores de ego-trips já inventado, é ativamente detrimental à produtividade e às relações. À produtividade, porque só tem utilidade se a pessoa usar continuamente, o que acaba quebrando a atenção toda hora. Às relações por causa do falso senso de proximidade gerado.

A desculpa para usar é que ele torna seus usuários (especialmente aqueles dentro de um mesmo círculo social), mais conectados. Eu acho que nunca vi tanta besteira junta em um só lugar. Como se o fato de você saber o que uma pessoa está fazendo no momento torne você e ela mais próximos, entre outros detalhes. Exceto talvez em alguns casos bem-específicos, o efeito é justamente mascarar isso, como mencionei acima.

Tudo bem, eu estou exagerando no veneno. Mas só um pouquinho. :-)

Atualização: Para quem está interessado, Kathy Sierra, do famoso Creating Passionate Users, escreveu um artigo bem interessante sobre o Twitter, considerando os aspectos psicológicos e produtivos da aplicação, tanto positivos quanto negativos.

§ 9 Responses to Twitter"

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

What's this?

You are currently reading Twitter at Superfície Reflexiva.

meta