RSS interativo, II

March 30th, 2007 § 0 comments

Parece que o tema de RSS como uma plataforma está voltando lentamente à baila: Cory Doctorow, no BoingBoing, descreve em termos quase líricos a apresentação de Matt Webb sobre um conceito que este chama de RSS-I, nome curto de RSS interativo. Um agregador RSS-I seria capaz de apresentar conteúdo dinâmico e permitir que o usuário interagisse com esse conteúdo de um modo que os atuais agregadores não permitem–no exemplo dado por Matt em sua apresentação, seria possível subscrever-se a um feed com todas ações que você possui pendentes (moderação em listas de discussão, adicionar amigos em instant messengers, aprovar pessoas no Orkut, etc) e agir sobre esses elementos diretamente do agregador.

A idéia, sem sombra de dúvida, é interessante. Eu já escrevi sobre o assunto aqui em duas ocasiões. Ironicamente, um dos textos, datado de quase dois e anos meio atrás, tinha o título RSS interativo e descrevia um experimento baseado na possibilidade de distribuir um curso inteiramente via RSS. Embora seja um exemplo limitado, principalmente por questões de segurança inerentes aos agregadores atuais, o experimento demonstra essa seria uma excelente maneira de distribuir conteúdo dinâmico via RSS. O experimento ainda funciona e pode oferecer uma pequena idéia do que seria possível fazer.

Em um outro artigo mais recente, de cerca de um ano atrás, eu considerava mais uma vez o RSS como plataforma, pensando principalmente na questão de segurança anteriormente citada. A arena de RSS sempre esteve um pouco confinada a textos estáticos, principalmente pela dificuldade em lidar com essas questões, um medo que data desde o famoso stunt usado por Mark Pilgrim para ilustrar o tema. Atualmente, com a possibilidade de usar Ajax e algo como o Flex em um feed seria uma justificativa mais do que suficiente para repensar tais limitações. Aliás, Flex ou Flash puro hoje seria possivelmente uma alternativa mais viável, considerando não só a capacidade dinâmica de tais produtos como a facilidade maior em se controlar a segurança de distribuição de conteúdo nesse formato.

Infelizmente, hoje ainda é difícil experimentar com esse tipo de formato interativo por causa das limitações anteriormente descritas. Mesmo assim, seria interessante pensar em mais formas de explorar o conceito. Com mais pessoas pensando sobre o assunto, porém, a situação pode mudar rapidamente. Será bem legal acompanhar as vastas possibilidades que esse campo pode oferecer.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

What's this?

You are currently reading RSS interativo, II at Superfície Reflexiva.

meta