Pay-per-view imprestável

April 7th, 2007 § 8 comments

Eu estou com o plano digital da NET, que tem alguns canais com filmes pay-per-view. Curioso para ver como funciona e aproveitando que está mais barato do que locadora no momento, resolvi dar uma experimentada.

Que decepção. Na primeira vez, o filme estava sem legenda. Consegui ressarcimento e tentei de novo. Da segunda, o sinal estava tão ruim que foi impossível assistir o filme. Consegui ressarcimento outra vez, mas não sei se vou tentar ver o filme de novo. Se da terceira vez der problema também, sou capaz de dar um tiro no decodificador e declarar que foi um evento sobrenatural. Se o software fosse pelo menos decente, detectaria o nível horrível do sinal e abriria outra oportunidade de ver ou coisa assim–aliás, algo que já é péssimo em si: só é possível ver a sessão comprada. Um modelo decente daria uma janela de exibição justamente para esses casos.

Bem, pay-per-view ainda está longe de ser algo viável na TV brasileira pelo visto. E a NET ainda está planejando por DVR. Quero até ver o lixo que vai ser.

§ 8 Responses to Pay-per-view imprestável"

  • Bruno Torres says:

    Eu comprei o combo da net, no inicio do ano. Virtua + telefone + tv digital.
    A internet não tem decepcionado, funciona bem melhor que o velox, sem duvida. O telefone so tem o problema de ser ligado ao modem. Quando a internet cai (o que acontece raramente), ele cai também.
    Mas a tv é uma decepção fenomenal.
    Não tentei usar o pay-per-view ainda, mas os próprios canais de filme são uma porcaria. Filmes dublados que tem audio em ingles mas não tem legenda, filmes dublados sem segundo audio, filmes que dizem ter legenda mas nao tem.
    Além de o sinal não ser lá essa maravilha toda.
    E outra, ainda não engulo ter que assistir propaganda em um canal de TV pelo qual eu já estou pagando uma pequena fortuna.
    Acho isso absurdo demais. Pode ser o modelo padrão, etc e tal, mas que é absurdo é. Acho que tem a mesma quantidade de propaganda que a tv aberta, só que com uma qualidade um pouquinho melhor dos anuncios.
    Enfim, é a primeira vez na vida que compro TV a cabo e infelizmente tem 18 meses de fidelidade. Não passaria disso se não fosse pelas crianças, que pelo menos não têm que ser expostas a violência, bundas, danças da garrafa e similares o dia todo.

  • Neto Cury says:

    E outra né, se pela 3ª vez você reclamar do mesmo filme, é perigoso eles acharem que você tá de sacanagem hehehehe

    Você não tá querendo demais de um serviço tão tosco não???!!! hehehe
    Abração

  • Muniz says:

    Eu ainda não consigo me imaginar pagando para ver TV a não ser pelo motivo dito pelo Bruno Torres: crianças.
    Enquanto moro sozinho a TV não está fazendo falta nenhuma, mas grana pra pagar TV paga e Pay-per-view faria a maior falta.

  • Ronaldo says:

    Bruno, quando eu usava aquele decodificador analógico, eu não tinha problema nenhum com as seleções de filmes. Eu tinha, e ainda tenho, o plano mais avançado só por causa disso, e tudo funcionava legal. Depois que mudei para digital é que sambou tudo. Acho que o volume que eles estão experimentando mais a incompetência tecnológica é que estão estragando um serviço que de outra forma seria muito bacana.

    Quanto às propagandas, eu concordo, mas tenho uma teoria: as propagandas, na maioria dos canais serve para dar tempo de ir ao banheiro e preparar alguma coisa para comer. E de quebra ainda dá grana. :-)

    Agora, você tem razão sobre as crianças. Eu não deixo meu filho ver mais do que uma hora de TV por dia, mas existem programas muito educativos em alguns canais. O DiscoveryKids é excelente. TV aberta para isso, sem chance.

    Neto, eu estava pensando a mesma coisa ontem enquanto fazia a ligação. Ainda bem que é possível ver que eu estava falando a verdade porque eles conseguem ver o nível de sinal que estão enviando ao decodificador individual e se há algum problema técnico.

    Agora, era a primeira vez que eu estava experimentando. Se não dá para querer o mínimo, estamos perdidos. 😛

    Rodrigo, eu e minha esposa somos fanáticos com filmes e certos programas (história, documentários, biografias) e a única maneira de conseguir isso hoje é TV paga. A gente assiste relativamente pouco, em termos de horas, principalmente por termos um filho pequeno, mas dá para aproveitar.

    Esse lance do pay-per-view, por exemplo: seria mais cômodo e mais barato que locadora se tivesse mais seleções e fosse um pouco mais flexível. Infelizmente, as operadoras não pensam assim.

    A grana é alta mesmo, mas já deu uma diminuída e acho que vai descer ainda mais.

  • Marcelo says:

    Olha, nunca assinei net, mas tenho sky a anos e desde o ano passado Sky+.
    Tirando o valor muito alto, o serviço é exelente!

  • Luiz Rocha says:

    Por falar em NET imprestável… vc chegou a receber alguma resposta da Anatel?

  • Spiceee says:

    O PPV da TVA Digital é decente, alguns filmes vêm até em 5.1, mas não consigo ficar sem o pause do dvd.

  • Ronaldo says:

    Marcelo, Sky aqui em um nunca olhei. Na verdade, assinei a NET primeiramente pela Internet em banda larga. Depois, quando vi que o plano de TV era uma porcaria, fiz um upgrade e acabei subindo, subindo até o plano máximo. Estou tendo alguns problemas depois da mudança para digital, mas bem esporádicos. O pay-per-view é que deu esse rolo todo.

    Luiz, nadica de nada. Eu é que não tive tempo de ir no site e postar a reclamação de novo. Mas vou, logo.

    Spiceee, é. A falta do pause avacalha mesmo. Precisa daquela TV, Time Machine. A NET anda prometendo DVR nas brochuras promocionais. Se chegar, vai ser legal.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

What's this?

You are currently reading Pay-per-view imprestável at Superfície Reflexiva.

meta