E agora você vê outra vez

May 24th, 2007 § 4 comments

Depois de tentar uma dúzia de soluções diferentes para o meu problema com wireless no Linux, uma coincidência me levou a uma solução que, se não é ideal, me permitiu conectar sem problemas e não está me causando nenhum problema: estou usando uma versão anterior no kernel, no caso, a última do Ubuntu 6.10 (2.6.17-11). A velocidade da conexão parece estar inferior ao normal, mas com 4Mbps, isso não faz tanta diferença no uso geral. Fica aí a dica para quem está experimentando o mesmo problema.

§ 4 Responses to E agora você vê outra vez"

  • C.E. Lopes says:

    Esse foi o motivo pra, quando eu tive a oportunidade, abandonar o Linux. No Brasil, dados os preços abusivos eu não tenho coragem de recomendar, mas aqui nos EUA – Macs.

    São um pouco mais caros, com certeza, mas eu sou muito mais produtivo usando Mac OS X, e não fico nessa guerra contínua do “funcionava na versão anterior e não funciona mais”.

    Em tempo: sou fã do Linux e usei Linux como meu SO por mais de 5 anos quando não tinha a opção de rodar Macs.

  • Ronaldo says:

    O mais irônico de toda história é o quão surpreso eu fiquei ao perceber que o wireless tinha parado de funcionar. Em dois anos, tudo o que eu joguei de hardware em cima do Ubuntu, ele pegou sem problemas. Eu fiquei tão desconcertado ao perceber que o wireless não estava funcionando que tentei debugar a rede física antes de mexer no software. E estou estranhando profundamente que a thread enorme sobre o assunto no fórum do Ubuntu não tenha atenção da Canonical.

    Até então, eu diria que o argumento pelo Mac estava obsoleto. :-)

  • Ricardo says:

    Esse foi um dos motivos que me levou a abandonar o ubuntu, tenho um note Acer e aconteceu o mesmo problema, a última versão que funcionava bem para mim foi o 6.06.
    Felizmente acabei conhecendo uma outra distro que caiu como uma luva para meu computador: PCLinuxOs, tudo reconhecido e funcionando desde o primeiro boot, com todo suporte a java, flash e dvd sem precisar de mais nada e em um único CD.
    Até agora não encontrei motivos para voltar ao Ubuntu.
    Na última versão estável ainda tive a grata surpresa de encontrar o ruby instalado por default. :-)

  • Ronaldo says:

    Em tese, como o suporte é no kernel, tudo funcionaria em tudo. O problema é que toda distribuição acaba dependendo muito de hardware específico por causa de diferenças de compilação. Eu descobri, por exemplo, que o Ubuntu acabou removendo acidentalmente o suporte para um tipo de placa wireless da broadcast por usar fontes desatualizadas. É isso que mata e não pode acontecer de jeito nenhum.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

What's this?

You are currently reading E agora você vê outra vez at Superfície Reflexiva.

meta