O ano livre

December 31st, 2007 § 10 comments

Se 2006 foi o não-ano, 2007 foi o ano livre. Foi o primeiro ano em que eu me vi completamente livre das amarras da vida cotidiana de trabalho-casa, casa-trabalho. Por causa, foi o ano em que, profissional e pessoalmente, eu experimentei algumas das minhas maiores realizações e tive alguns dos momentos de maior satisfação em minha vida.

Ser livre profissionalmente–como todos que já experimentaram bem o sabem–não quer dizer ficar livre de problemas. Entre as dificuldades de tocar a empresa e problemas de saúde, 2007 também foi um ano muito complicado. Financeiramente, foi o ano mais difícil que eu já passei desde que me sustento por esforço próprio. Mesmo assim, estou satisfeito.

O próximo ano parece que vai ser o ano em que as coisas que estamos construindo vão dar certo. Isso é mais do que se pode desejar normalmente, vai envolver muito esforço mas é algo que estou esperando com ansiedade.

Para todos os leitores que acompanham esse blog regularmente, que viram um pouco disso e que me apoiaram com seus comentários e e-mails, um muito obrigado pelo companheirismo ao longo do ano. Descobri recentemente que algumas pessoas estão lendo o que escrevo já há mais de cinco anos, o que é algo surpreendente e satisfatório. Mais uma vez, obrigado a todos vocês e meus votos de um próximo ano igualmente proveitoso, cheio de trabalho e satisfação.

§ 10 Responses to O ano livre"

  • Eu te desejo apenas saúde. Com ela sei que conseguirás o resto. Não só para ti, mas para a os teus familiares.

    Se faz cinco, quatro, três, sei lá quantos anos que acompanho o teu blog, não faz muita diferença para mim. Começou tudo novamente. Espero continuar lendo e, o mais legal, continuar ouvindo vocês no pão de cast. :-)

  • Ronaldo says:

    “Eu te desejo apenas saúde. Com ela sei que conseguirás o resto. Não só para ti, mas para a os teus familiares”

    Muito obrigado, mesmo, Guaracy. Acho que foi esse ano em que eu aprendi isso definitivamente. Não adianta nada tentar enganar o próprio corpo.

    “Se faz cinco, quatro, três, sei lá quantos anos que acompanho o teu blog, não faz muita diferença para mim. Começou tudo novamente. Espero continuar lendo e, o mais legal, continuar ouvindo vocês no pão de cast. :-)”

    Como sempre, fico muito feliz em ouvir isso. Espero–e sei que o TaQ e Luiz também–conseguir continuar esse relacionamento de idéias com os leitores independente de estarem me acompanhando há mais tempo ou chegando agora. Que venha um novo ano, com certeza.

    Grande abraço!

  • Fala Ronaldo,

    Aproveito o post para um pequeno testemunho hehe

    Achei teu site quando estava querendo aprender um pouco sobre RoR. Li o seu primeiro tutorial e gostei muito. Li tb alguns posts anteriores à época e gostei do que li e resolvi assinar o RSS. Desde então tem sido um dos blogs que eu acompanho mais avidamente (digo isso sem puxasaquismo).

    Houve uma época que você quase não escrevia e fiquei na dúvida se iria manter o RSS; ainda bem que mantive, pois desde então descobri que existe muita coisa interessante por aí, seja no ramo da literatura seja no ramo da tecnologia.

    Parabéns pelos textos, pela iniciativa do pão-de-cast e pelo trabalho que tem feito escrevendo tutoriais.

    E para 2008 espero que sobre sempre um tempinho aqui para o blog, para que possamos continuar lendo artigos tão interessantes.

    Que venha 2008!

    Abração

  • Ronaldo says:

    Muito obrigado pelas palavras e pelo incentivo. Em 2007, eu me esforcei para postar com mais consistência porque gosto de escrever e também pelo feedback bem positivo do pessoal. Se Deus quiser, 2008 vai ser ainda mais animado. :-)

    O resto da gang do Pão de Cast já está empolgada para começar as novas gravações do ano e esperamos criar uma pauta mais regular na variação dos assuntos entre mercado e programação. Acho que vai ficar legal.

  • Falae professor,

    foi um prazer conhecer o senhor neste ano de 2007 que passou. Desejo muito sucesso pra vc em 2008, que seja um ano de realizações, de muita saúde e alegrias.

    Um grande abraço pra vc e toda sua família.

  • Ronaldo says:

    Você pegou pesado com o “senhor”, hein? :-) Brincadeirinha. :-)

    Foi um prazer conhecer você pessoalmente e desejo igualmente a você sucesso e muita felicidade em seus projetos pessoais e profissionais no próximo ano.

  • Alessandro says:

    Fala Ronaldo,

    Desejo a ti, muita saude e paz para o ano de 2008. Te conheço ha pouco tempo, mas já virei seu fã. Sempre solicito e sem a arrogância de alguns por ai.

    Que continue nos brindando nesse ano com seus posts fantasticos.

    Enfim paz ,saude para você e sua familia.

    Abraços,
    Alessandro

  • Ronaldo says:

    Muito obrigado pelas palavras e pelos elogios. Desse jeito eu fico até sem graça. :-)

    Muitas felicidades para você e para os seus nesse ano. Que tudo o que você espera se realize.

  • TaQ says:

    Estou atrasado, eu sei, mas fiquei bem desconectado no feriadão, agora que estou vendo o tanto de feeds que apareceram … vixi. :-)

    Para deixar formalmente registrado aqui, já que a gente se falou por telefone (eheheh), que você e sua família tenham um ótimo 2008! Um grande abração em toda a turminha aí!

  • Ronaldo says:

    Valeu, mano. É bom dar uma desconectada mesmo antes de começar o batido de novo. Muita felicidade para a Khayna e para a Toquinho-de-Gente também. :-)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

What's this?

You are currently reading O ano livre at Superfície Reflexiva.

meta