Perguntas sobre novos paradigmas Web

January 22nd, 2008 § 3 comments

Continuando a pensar sobre a necessidade de um novo paradigma de desenvolvimento Web, algumas perguntas para me ajudar a formular o que eu mesmo quero:

  1. Considerando o relacionamento entre MVC e REST dentro do Rails, me parece que controllers são essecialmente uma cola supérflua. Seria possível eliminá-los com uma representação direta de recursos?

  2. Ainda pensando em recursos, Seaside é componentizado e entende que cada componente deve ser capaz de criar sua própria representação primária. Como lidar com múltiplas representações e combinações de representações nesse caso? Multi-dispatch aplicada a uma linguagem específica de representação pode ser algo interessante aqui.

  3. REST não é necessário para todas aplicações e forçar isso tende a quebrar o workflow natural. Rails e Django permitem uma quebra e preferem recursos; Seaside ignora recursos em troca de continuidade de requisição. Seria possível modelar ambos com uma linguagem transversal?

  4. De onde a requisição deve partir, principalmente considerando necessidades atuais como RIA, Ajax e Comet?

  5. Uma representação como máquina de estados seria interessante? Principalmente ao se considerar a pergunta anterior e se descartarmos a separação explícita de modelos, uma representação como estados pode ser algo mais interessante (e em tese, até compilável). Se os modelos fossem removidos em aplicações onde o domínio é mais individualizado, fazendo com que a aplicação seja uma seqüência de transformações, alguns problemas de mapeamento se tornam mais simples.

  6. Se REST for descartado, como Seaside faz, e se considerarmos que sessões são contínuas, quais as possibilidades que temos quanto a transformar toda a aplicação em uma linguagem única específica para a mesma?

Respostas? Mais perguntas?

§ 3 Responses to Perguntas sobre novos paradigmas Web"

  • É coisa minha ou você não gostou do jeito REST do Rails 2.0?

    Se sim eu também não gostei!
    REST onde os navegadores nem entendem os verbos é forçar MUITO a barra.

    []ão

  • Ronaldo says:

    Realmente eu acho a implementação um lixo. Do jeito que está funciona basicamente como uma forma de mapeamento, o que não tem nada a ver com o propósito geral do REST. E usar aquele tanto de gambiarra? Deus me livre….

    O pior é que os proponentes do Rails colocam como se fosse a maior maravilho do mundo.

  • […] Ferraz – Perguntas sobre novos paradigmas Web: Mais […]

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

What's this?

You are currently reading Perguntas sobre novos paradigmas Web at Superfície Reflexiva.

meta