DataPortability Workgroup e Microsoft

January 23rd, 2008 § 2 comments

Em mais uma surpresa relacionada ao DataPortability Workgroup, o Read/Write Web está reportando que agora foi a vez da Microsoft se juntar ao grupo. Nada formal ainda, mas um anúncio deve sair logo.

A adesão da Microsoft é a última em uma cadeia de pesos pesados que incluiu Google e Facebook inicialmente, seguiu com SixApart, LinkedIn e Flickr, e finalizando com um interesse geral no assunto.

Como o pessoal do Read/Write Web aponta, não dá para deixar de ficar curioso com o que a Microsoft pretende com sua entrada na iniciativa, considerando que a empresa é sinônimo de lock-in e práticas anti-competitivas.

Há também o fato que o OpenID é uma parte essencial do esforço de portabilidade, uma aceitação real por parte da Microsoft implicaria em pelo menos um suporte paralelo ao mesmo em sua estrutura Passport. Transformar cada idetidade Passport em uma identidade equivalente OpenID seria algo extremamente vantajoso para a conscientização e suporte geral de uma enorme fatia da população Web.

De qualquer forma, o momento em favor da adoção de padrões portáveis abertos está aumentando e mesmo que a Microsoft esteja se juntando ao barco somente para não perder o PR agregado, isso não implica que benefícios colaterais virão desse suporte. É claro que sempre há a possibilidade de que ela introduza algum “padrão” incompatível–o que não seria grande surpresa, inclusive–mas esperamos que a presença dos outros pesos da indústria tenha um fator mitigador em qualquer tentativa da empresa de gerar alguma vantagem para si subvertendo os esforços atuais.

§ 2 Responses to DataPortability Workgroup e Microsoft"

  • Será bem estranho mesmo se essa notícia se formalizar.
    Se ela se formalizar, será realmente uma boa notícia, pelo menos é o que esperamos, não é?
    Mas como você mesmo disse, “(…)sempre há a possibilidade de que ela introduza algum ‘padrão’ incompatível(…)”.
    A Microsoft está entrando em mais questões do que imaginamos ultimamente.
    A Asus publicou que o novo portátil deles, o Eee PC, será, a partir de agora, produzido com Windows (não sabemos se é XP, porém os componentes dos atiais não suportam o Vista), visto que os anteriores, isto é, os que já foram vendidos, saíram de fábrica com o Pingüim.
    Agora, se ela realmente não está tramando alguma coisa esperamos ansiosamente o que vai acontecer.

  • Ronaldo says:

    Pois é. Falamos bastante sobre isso no Pão de Cast que gravamos ontem e que deve sair até segunda. :-)

    A Microsoft é sempre uma proposição meio dúbia. Eles tem esses aspecto meio psicótico que tem hora que se comporta bem, tem hora que manda todo mundo às favas. E como são enormes, sempre acabam amassando todo mundo que vem depois. Sinceramente, eu espero que com a saída do Gate e a entrada de gente como Udell e Ozzie, eles comecem a fazer mais coisas direito.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

What's this?

You are currently reading DataPortability Workgroup e Microsoft at Superfície Reflexiva.

meta