Alturas

April 16th, 2008 § 0 comments

Hoje foi um dia daqueles em que tudo dá certo mas você fica com a sensação de que tudo deu errado de tão cansativo foi fazer tudo o que se precisava fazer. Manhã correndo atrás de documentos e providências, tarde correndo para o aeroporto para o vôo e resolvendo alguns pepinos que foram aparecendo. As peças vão se encaixando e pelo menos a sensação de que se está movendo é bem-vinda nesse momento.

Entrei no avião mais morto do que vivo. Na hora da decolagem, turbulência próxima do solo, relâmpagos na noite escura. Mas o avião vai subindo e de repente você está acima das nuvens, olhando para um céu onde o dia ainda não se pôs de todo. O burburinho da conversa no avião se torna um ruído remoto, subjugado pelo som dos motores. E finalmente há um pouco de paz.

Há dias em que as coisas parecem erradas, mas em um momento desses é difícil não se sentir tocado pelo divino.

Tagged

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

What's this?

You are currently reading Alturas at Superfície Reflexiva.

meta